segunda-feira, março 27, 2006

Vão-nos comendo o imaginário...



























Se a minha vida fosse uma encenação a Arrábida seria certamente o pano que, "lá atrás", serviria de cenário...ali cresci, ali vivi...ali pisei pela primeira vez a areia branca da praia...ali, pela primeira vez provei o sal no seu estado mais puro...
A Arrábida faz parte não só do meu imaginário, faz também parte da minha vida...das nossas vidas...das vidas de gente que aqui vem a este blog...gente, a Arrábida é a cortina que temos no lado sul dos nossos quintais e das nossas ruas sempre que saímos de casa...quem não "é" da Arrábida, quem não a tem no seu imaginário como eu, quem não a tem como um bocado seu também certamente não a esqueceu...se algum dia a viu...
A serra mãe, como Sebastião da Gama (poeta de Azeitão) lhe chamou, nasce em Setúbal e dá o seu último suspiro no cabo Espichel, onde finalmente se rende ao mar...
As imagens que vejo ao fechar os olhos são as do ponto de vista fenomenal que, a partir dela, temos sobre a península de Troia...a serra é o primeiro miradouro sobre a costa alentejana...passamos o conveto onde vemos as suas guaritas montarem uma sentinela de séculos, como se guardiões silenciosos zelassem pela paisagem...descemos à esquerda e ao olharmos para a direita percebemos porque esta é a única serra que abraça verdadeiramente o mar...pois o Risco ali está, como ponto mais alto da costa portuguesa, assinalando milhões de anos de luta entre a Terra e o Mar que a àgua foi vencendo aos poucos, tornando um monte como outros numa ravina de mais de 200 metros que cai na vertical sobre o Atlântico...antes de chergar-mos ao Portinho descemos uma escadaria que "desemboca" na Lapa de sta. Margarida, uma gruta com um altar em madeira e que se abre a Sul para o azul marinho...
Podemos ver os raios de luz fugirem pela serra enquanto tomamos um café ao fim do dia na praia...a areia resplandecente e a àgua cristalina tornam-se subitamente mais escuras por causa da sombra que a serra lhes faz...
Isto é a nossa Arrábida, as nossas praias, as nossas águas tranparentes, a nossa única floresta mediterranica em Portugal...isto é a nossa Arrábida...não será?...

...parem as escavadoras
com esses dentes de metal,
essas barulhentas devoradoras
do imaginário ideal...

















...

6 Comments:

Blogger Principessa said...

clap clap clap

7:22 da tarde  
Blogger Visconde said...

Grande post amigo !!! Arrábida ... que privilégio é, poder ver-te todos os dias !!! Sem dúvida alguma, uma das coisas mais belas do Mundo.

2:09 da manhã  
Blogger lagarto said...

a ARRÁBIDA é linda mas há anos e anos k a estão a devorar!ñ deixam akeles k a amam entrar na mata por exemplo, mas como se ñ bastasse a Secil a destruí-la agora o nosso "kerido" 1º ministro ainda vai lá pôr a co-inceneração!

3:07 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Great site loved it alot, will come back and visit again.
»

6:41 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

4:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

1:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home