domingo, outubro 14, 2007

IGUAL

Podes chamar-me mil vezes
Que mil vezes me esconderei
Cobrirei os tímpanos à tua voz
Até ela ser muda de sentido…

Cerrarei lábios à tua palavra
Fecharei punhos ao teu gesto
Cairão minhas pálpebras à tua luz
Levantarão meus pés na presença do teu rasto

Deverá toda a gente saber
Por mais difícil de entender
Que sou um homem gasto
Que cem de mim são zero
Que como sou não me gosto
Que como me tornei não me quero

Que sou palavras de outros
Consumidas no fogo próprio…
Que sou acções minhas
De alguém impróprio

Sou coisas que vejo
Com olhos de outros
Ou coisas de outros
Que com os meus vejo…

Sou tinta que escreve
Em papel que não dura
Sou um pensamento breve
Que a memória não segura

Sou toque dormente
Numa bebedeira de aguardente,
Sou toque fantasma
Que quase ninguém sente

Sou vento invisível
Sou a água imprescindível
Sou tudo como os outros,
E ainda gelo insensível…

9 Comments:

Blogger poca said...

NÂO ÉS NÂOOOOO!!!

És um gajo cinco estrelas.. e bonitão ainda por cima!

todos temos os nosos dias.. e os dias em que nem a nós nos aturamos são os piores..
Eu que sou gaja tenho a desculpa do TPM..
agora tu que és gajo deves ter feito a bonita para te estares a sentir assim..
se continuar vai ao senhor padre que ele manda-te rezar uns pais nossos e isso passa-te!

espero.

força gajo!

beijinhos

1:28 da manhã  
Blogger lagarto said...

bem...obrigado poca=)

mas agr um segredo...não fiz a bonita nem a feia...lol* são apenas momentos bons para a inspiração...e quando escrevi isto foi num desses momentos*

4:00 da tarde  
Blogger jomaolme said...

Até poeta ele é...hihi!!

Beijokas

4:53 da tarde  
Blogger Visconde said...

Sim senhor, temos poeta.

Abraço

12:40 da manhã  
Blogger Zélia said...

Há dias de manhã, que á tarde mais vale nem sair á noite...:S

3:34 da tarde  
Blogger Silver said...

I-LU-MI-NA-DO! ProntoS! bjiiiinhes :)

2:46 da tarde  
Blogger Principessa said...

então e para quando um poema mais alegre, hã? ;)

5:38 da tarde  
Blogger FLI said...

5 *****

Parece-me q este é um dos melhores!Sem sombra de dúvida!

Sinceramente, marcou. E penso que esse é um dos grandes objectivos quando se escreve algo assim. É o saber exactamente e reviver nas tuas palavras.

Adorei, sinceramente...

5:59 da tarde  
Blogger lagarto said...

brigado mana*

12:25 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home