terça-feira, novembro 14, 2006

VAZIO

Tenho medo de algumas coisas.
Mas nada me assusta como vir sozinho no carro aqueles 40 kms que separam a minha casa da minha faculdade...à noite...com poucas ou nenhumas horas dormidas...com fila ou sem fila...com o asfalto ainda menos escuro que o breu envolvente da estrada...e apanhar-me a falar com a força do hábito ou a gritante voz da necessidade de contar...de contar como foi o dia...como estou...como estive...nada me assusta mais como assustado fico quando no meio da fantástica novidade de uma nova vida, apanho as coisas mais banais a falarem mais alto e a incomodarem-me...como nunca...e vir sozinho...como desaprendi de vir sozinho...

9 Comments:

Blogger Šaяa said...

Como somos de hábitos.
Podemos fazer muito bem uma coisa, depois ficamos habituados a uma diferente e quando temos de voltar à anterior custa imenso... é verdade, e acho que isso vai nos dois sentidos. As vezes o vazio pode ser reconfortante ou não… mas basta encontrar.

9:54 da manhã  
Blogger Principessa said...

imagina que tens alguém ao teu lado, mas que essa pessoa vai a dormir...

12:39 da tarde  
Blogger lagarto said...

isso é o k imagino às vezes...não fugiria mto ao k um dia foi a realidade!lol! mas mesmo kd alguém está em coma deve-se falar com ela...

12:43 da tarde  
Blogger Enfim... said...

é preciso cuidado, levanta bem o volume do radio eheheh lol.bjs

1:58 da tarde  
Blogger Zélia said...

Também me acontece muitas vezes...
Mas como eu faço muitos filmes, já me satisfaço um pouco :)

Bjinho

2:16 da tarde  
Blogger jomaolme said...

Velhos hábitos, velhos costumes...é como te habituares a uma pessoa e de repente ela tem que se ir embora...
Tens é q ter em atenção e medo ao percurso para que nada te aconteça.
Põe aquela música que te dá "pica" e canta. Verás que o percurso e o tempo vão ser bem menores!

7:24 da tarde  
Blogger Principessa said...

Deixei-te um desafio no Bastards. “Don’t hate the player, hate the game”… ;) bjs *

10:38 da tarde  
Blogger PeterPan said...

O vazio é algo que incrível, durante algum tempo fiz durante muitos fim de semana 800km sempre só Setúbal - Porto e Porto - Setúbal, é algo inexplicável, difícil de exprimir, porque parece que a fim de tanto tempo o fazeres tens de arranjar algo que complete a tua viagem, e parecendo que não existiam certas situações na paisagem que mudavam constantemente era engraçado passares lá uma vez e estar assim e de outra vez já estar completamente diferente, o vazio faz com que o teu próprio instinto crie algo com que ocupe a mente e o espírito....

2:44 da tarde  
Blogger lagarto said...

verdadinha peter pan

2:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home