quarta-feira, setembro 13, 2006

(des)ILUSÕES

O que sou eu afinal? O que faço? O que quero? O que sinto?
Há sempre a ilusão de sermos o que não somos, de fazermos o não exequível…há sempre o dizer “se fosse eu” não teria morrido, não teria feito, não teria deixado…
Por momentos todos pensamos ser inabaláveis, melhor que os outros, mais astutos e reaccionários…se fosse eu não teria morrido…sou forte e teria tempo de reagir…se a ponte caísse sairia do carro e saltava para a água…se a bomba rebentasse mandava-me logo para o chão e não seria atingido…”
Somos depois vergados por chapadas reais que nos lembram a fraca condição Humana…pequenas pedras que caiem do alto das torres para fugirem a um fogo que nos vai consumindo a todos…pequenas pedras a condição Humana…como pratos que caiem de um armário e se estilhaçam no contacto da gravidade…
Somos tão fortes de ilusões que não controlamos os estilhaços de bombas prestes a rebentar em nossas mãos….
É tão fraca a condição Humana que depende do coração.

7 Comments:

Blogger Zélia said...

É bem verdade o que acabas de escrever!
Eu tento não pensar muito nesses assuntos porque senão fico triste e chego á conclusão que não passamos de "merda", hoje estamos bem mas amanhã podemos estar mortos!
Devíamos viver cada dia como se fosse o último e nunca deixar para amanhã o que se pode fazer hoje, mas.....

5:50 da tarde  
Blogger Visconde said...

Eu, depois de ter visto o que vi ontem, fiquei cheio de ilusões ... tão grandes como os maiores da Europa !!!

Grande abraço

10:14 da tarde  
Blogger lagarto said...

sim, em certa medida somos "merda"...peças de xadrez num tabuleiro k podem ser mandadas para fora do jogo numa simples jogada...mas e se amanhã não for o último dia? tudo o k fariamos hj para viver intensamente poderia comprometer o equilibrio da vida futura...

sim colega visconde!ñ sei kual de vocês ék se agarrou ao meu pescoço no golo do Caneira k me deixou com uma dor no tendão...lolololol!

12:26 da manhã  
Blogger jomaolme said...

A vida prega-nos muitas partidas e nós temos que nos preparar para elas.
Acho que só podemos falar sobre situações qd passamos por elas...mas realmente muitas vezes pensamos...se fosse eu, não acontecia assim...e talvez seja verdade...pq o tempo de reacção é diferente de pessoa para pessoa...
Mas interessa é viver o dia a dia com equilibrio!

Beijokas

10:25 da manhã  
Blogger Principessa said...

depende do timming, das pernas, e da cabeça, não do coração *

11:36 da manhã  
Blogger lagarto said...

mas como estaremos preparados para partidas inesperadas k a vida prega kd mtas vezes o preço dessas partidas é gozar c a condição Humana?...é morrer...é perder...é desiludir...

princi, se tivesses percebido o verdadeiro significado do k escrevi ñ dizias k ñ depende do coração...ñ sei como desilusões e estilhaços de situações k nos atingem o peito podem depender das pernas...

1:12 da tarde  
Blogger Principessa said...

as pernas são UMA das coisas, td depende da situação.

8:07 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home