domingo, maio 28, 2006

VEJO-VOS

Sinto-me observado no cadafalso
Olhos miram esperando o som do tambor
Ao fundo um fraque com laço
Grita “matem já sem amor”!

Estou no centro de uma praça
Mas ainda mais no centro do maldizer
Sinto aproximar-se a desgraça
Apontam os dedos para o que vai morrer

Chamam-me coisas que não sou
Dizem coisas que não fiz
Alguém decidiu para onde vou
O porquê? Ninguém me diz…

O carrasco aproxima-se
Passos pesados no estrado
O pó das tábuas eleva-se
O assunto está arrumado

O tambor toca e embala
Toca um rufo para parar
A corda estica-se à velocidade d`uma bala
A espinha verga até quebrar

Ecoam palmas no recinto
Como se o palco fosse de teatro
Recolhem o corpo que já não sinto
Metem-no numa vala com outros quatro

Gente como eu não merece
Nem uma lápide a assinalar
Mas um condenado nunca esquece
Quem o apontou para finar

A lápide de pedra fria
Assinala o gelo do corpo a apodrecer
O meu sepulcro arde de dia
Com raiva de quem ri com o meu desaparecer

Afinal não quero talhão nem cova
Não quero mármore branco do mais pobre
Deixem-me ficar onde ninguém me estorva
Deixem-me ser poeira do céu que vos cobre

11 Comments:

Blogger Principessa said...

clap clap clap, não sei sinceramente o que mais dizer...

12:06 da manhã  
Blogger jomaolme said...

Mt bom...
Mas, q tema tão esquesito...

10:59 da manhã  
Blogger lagarto said...

foi escrito há coisa de 3 semanas...relacionas c alguma coisa?é isso...lol

1:27 da tarde  
Blogger lagarto said...

o tema é claramente a injustiça, mas tb alivio ao ser pó do céu k cobre o mundo onde alguns habitam...é por aí...

1:30 da tarde  
Blogger nunocavaco said...

Em tom de brincadeira, até porque sou benfiquista, gostei do que li e ainda por cima escrito por um lagarto (estou a brincar).

11:07 da tarde  
Blogger lagarto said...

looooooooool!obrigado nuno

11:17 da tarde  
Blogger Visconde said...

Se nos vês amigo, é bom sinal ... não tens falta de vista !!! Eh eh eh. Agora mais a sério, tá muito bonito, parabéns !!!
Abraço

12:58 da manhã  
Blogger Wisper said...

fiquei completamente arrepiada ao ler este poema... a descrição em verso do sentimento que invade um condenado, um inocente...

nem sei o que dizer...

5:15 da tarde  
Blogger lagarto said...

obrigado...mas isto ñ era para arrepiar! contudo, despontar sensações c o k se escreve é smp bom.

7:27 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Hey what a great site keep up the work its excellent.
»

4:35 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

I find some information here.

1:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home